Tendências de mercado para o RH em 2024: como você tem se preparado?

tendências de mercado

2023 acabou. 2024 apenas começou. Na transição de um ano para o outro, o RH de muitas empresas se prepara traçando metas e objetivos, e se depara com uma dúvida pertinente: quais são as tendências de mercado para o ano que se inicia?

Nesse período, em que a elaboração de planejamentos está em alta, é importante estar ligado nas novidades que podem incrementar boas práticas de gestão e ajudar a construir equipes mais fortes e eficientes para a sua empresa, atraindo profissionais talentosos e retendo as “pratas da casa”.

Se você deseja conhecer estratégias para encarar os desafios que virão de janeiro em diante, fique conosco. O texto do blog da semana vai te ajudar a entender o que há de novo no universo corporativo e pode ser adaptado à sua realidade. Aproveite a leitura!

10 principais tendências de mercado para o RH

Ano novo, vida nova. É assim que funciona para muitas pessoas na virada de um ano para outro, certo? Para os RH’s, o ditado que se encaixa melhor pode ser o “ano novo, novas metas e, também, novas tendências”.

Isso porque a passagem de uma temporada para outra consolida mudanças que trazem dinamismo e modernidade ao mercado. Com a crescente expansão do uso de tecnologias, como inteligência artificial, e novos estudos geracionais, o ponto mais relevante em se manter atualizado está em saber como se posicionar e apostar em estratégias acuradas.

Se a sua empresa deseja “se vender” como um lugar arrojado e atrativo para pessoas, é preciso se adaptar e sair da zona de conforto. Afinal, com o aumento da competitividade, os grandes players do mercado estão atentos às mudanças de cultura interna para colocar em prática movimentos mais ousados.

>> Fortalecer a cultura organizacional da sua empresa ajuda a consolidá-la como marca empregadora. Saiba como!

Confira algumas das principais tendências do mercado para o RH em 2024:

1. Utilização de I.A em recrutamentos e seleções

A Inteligência Artificial emergiu como uma tecnologia de grande impacto nas rotinas corporativas de empresas de vários nichos. Seja para facilitar processos administrativos ou de criação, hoje elas participam do cotidiano de colaboradores, oferecendo insights valiosos que trazem ganho de desempenho e otimização de tempo.

Para os RH’s, as tendências que chamam a atenção são IA’s que ajudam no recrutamento e seleção de candidatos. Entre elas, as que se destacam são as ATS (abreviação em inglês para Applicant Tracking System), também conhecidas como Sistemas de Rastreamento de Candidatos.

2. Gerenciamento de Talentos e People Analytics

O People Analytics é o método de gestão de recursos humanos que se baseia na coleta e análise de informações sobre funcionários de uma organização. Essa análise tem a finalidade de tornar processos seletivos mais efetivos, rápidos e objetivos.

Atualmente, o analytics é conhecido como ferramenta que auxilia no gerenciamento de talentos, ao processar e integrar dados que contribuem para melhor entendimento do perfil, desempenho e padrões de comportamento dos colaboradores. Tudo isso para planejar ações e reduzir os turnovers.

3. Experiência do candidato

As gerações atuais que estão se inserindo no mercado de trabalho não visam apenas estabilidade e remuneração. Qualidade de vida, flexibilidade e princípios aparecem em primeiro lugar para essas pessoas.

Oportunidades de trabalho que não sejam flexíveis ou que não entreguem uma boa experiência ao profissional não conquistam o seu apreço, desde o processo de candidatura. Por isso, uma tendência para 2024 é garantir uma impressão positiva logo no início da seleção para uma vaga.

4. Feedback avançado

Não é frustrante quando um processo seletivo não se desenvolve da forma correta? Empresas ficam com a sensação de não terem o “fit” esperado entre profissional e vaga. Candidatos, por sua vez, se frustram com a ausência de resposta coerente sobre o insucesso em uma seleção.

Por isso, a utilização de pesquisas, plataformas e metodologias de feedback avançado são tendência nas equipes de gestão de recursos humanos para este ano. Para garantir que, tanto empresa, quanto candidatos, possam estar na mesma página e terem boa comunicação.

5. Saúde e bem-estar

As discussões sobre o bem-estar dos colaboradores são assuntos frequentes em todos os segmentos do mercado, incluindo no RH. Quando colocamos esse assunto em pauta, nos referimos ao bem-estar em várias camadas: da saúde do corpo à saúde da mente, do conforto à busca por mais liberdade.

É o que aponta o levantamento da Bain & Company, sobre tendências comportamentais. Levando isso em consideração faz sentido pensar estrategicamente em promover a saúde dos colaboradores, realizando eventos especiais ou oferecendo benefícios corporativos.

6. Experiência do colaborador

A experiência do colaborador é um posicionamento em que o RH dedica seus esforços em realizar ações voltadas para a melhoria da experiência dos colaboradores nas empresas. Neste ponto, o objetivo é incentivar melhorias no cotidiano, na cultura organizacional e no ambiente como um todo.

Impactam diretamente na experiência do colaborador políticas de trabalho flexíveis, regime de tarefas bem-organizadas, ambientes de trabalho atrativos, eventos de engajamento à cultura da empresa e pacotes de benefícios corporativos.

 7. Home office e jornadas híbridas

O home office e as jornadas de trabalho híbridas continuam como tendência de mercado entre profissionais desde o fim da pandemia da covid-19. É o que indica a 24ª edição do “Índice de Confiança Robert Half” (ICRH), divulgado em junho de 2023.

Segundo a pesquisa, feita com 1.161 profissionais, 76% deles consideram o regime híbrido como o ideal de trabalho. 18% preferem o home office em tempo integral. Entre as companhias, 59% funcionam em modelo híbrido. Um reflexo da mudança de comportamento dos profissionais no mercado atual.

8. Feedbacks internos

A implementação da cultura dos feedbacks é um fator determinante para o desenvolvimento profissional das pessoas colaboradoras. Dentro dos espaços corporativos, funciona como uma bússola para direcionar o comportamento de profissionais e alinha expectativas com as empresas.

São os feedbacks que dão a oportunidade de crescimento, aprendizado e evolução, e tornam o clima organizacional mais leve e propositivo para ações que busquem o consenso sobre como tornar a experiência nos locais de trabalho mais interessante e positiva.

9. Diversidade

Junto da saúde mental, a diversidade é uma pauta bastante discutida nos setores empresariais na atualidade. Um estudo feito pela Gartner levantou o dado de que 69% das empresas têm buscado diversidade e inclusão como prioridades estratégicas para contratações.

Nem todas, no entanto, sabem como corresponder a essa expectativa de maneira efetiva. Uma boa oportunidade de melhoria, uma vez que a quebra de estereótipos e de benefícios a grupos específicos de indivíduos tem se mostrado tendência para o ano de 2024. O emprego de diversidade no quadro de colaboradores fortalece o conceito da marca empregadora e cria uma aceitação diferente no mercado.

10. Formação de lideranças

Desenvolver equipes sólidas e de alta performance é um desafio que se mantém como atual e que não deve deixar de existir nos próximos anos. O investimento na formação de lideranças é importantíssimo para alcançar este patamar.

Investir em estratégias inovadoras, aprimorar e capacitar profissionais e não se prender a velhos padrões de gestão são pontos cruciais para o desenvolvimento de líderes que potencializam equipes e espaços de trabalho.

Quais as expectativas para o futuro do RH?

O RH das empresas passou de um setor de recrutamento e seleção para uma área estratégica para o sucesso da organização como um todo. Com a necessidade de estar cada vez mais atento às tendências que ditam os novos rumos do mercado, os dez pontos que foram citados até aqui ilustram como as funções de gestão de recursos humanos se diversificaram.

No entanto, para que a sua atuação seja focada em resultados e não apenas em práticas vazias, é preciso traçar um roteiro que seja coerente com as expectativas que a empresa deseja alcançar tanto no presente, quanto no futuro.

Afinal, de nada adianta propor ideias que não serão executadas. Por isso, é essencial identificar pontos de atenção no ambiente de trabalho que permitirão solucionar necessidades e ir em busca das melhorias desejadas, para fortalecer a cultura e atuação da corporação.

Tudo isso vem a partir de uma adequação de mentalidade, seguida pela ajuda das lideranças para ter o suporte e apoio necessários, apresentar ideias direcionadas, adaptar as tendências de mercado pesquisadas para a realidade da empresa e, posteriormente, mensurar o que é possível ser realizado para metrificar os resultados que serão obtidos.

Agora que você está por dentro das tendências de mercado para o RH em 2024, entenda como manter o equilíbrio emocional ao lidar com a vida pessoal e profissional!

Últimos conteúdos

Veja também

Picture of VALERIA CARDOSO
VALERIA CARDOSO
14 de junho de 2024