Como a Inteligência Artificial pode ser aliada do recrutamento e seleção?

recrutamento e seleção com IA

Uma das principais tendências atuais é a Inteligência Artificial e muito se fala sobre como ela pode influenciar nossas relações. Você sabe como essas ferramentas podem facilitar alguns processos, principalmente nas empresas? Um deles é o recrutamento e seleção, que demanda tempo dos profissionais de recursos humanos.

Ao automatizar análises de documentos, até enviar respostas a candidatos, a IA pode tornar o dia a dia do RH muito mais prático. Afinal, com a máquina executando atividades operacionais, o recrutador pode ser mais estratégico durante o processo seletivo.

Mas como usar a inteligência artificial no seu recrutamento e seleção? Quais os benefícios desse uso e como implantar a tecnologia sem deixar a humanização de lado? Confira as dicas e desafios nos próximos tópicos e veja como essa tendência pode ser aplicada na sua empresa.

O que é inteligência artificial?

A inteligência artificial é definida como qualquer técnica que permite aos computadores imitar comportamentos humanos. É um sistema de autoaprendizagem, que se aprimora por meio de dados e passa a realizar tarefas sem intervenção humana.

Como é capaz de processar informações mais rápido, a IA ajuda a tornar o dia a dia mais simples e eficiente, absorvendo tarefas repetitivas. Seu uso pode ser visto em diversos setores, como a medicina, a logística e o entretenimento.

No RH, em um processo de recrutamento e seleção, por exemplo, o candidato ideal pode ser encontrado de forma ágil e assertiva, apenas com um comando do sistema. Isso elimina horas e horas de trabalho de um profissional, que precisaria avaliar cada currículo.

Ou seja, com o apoio de recursos tecnológicos, a inteligência artificial fornece dados e insights para o processo seletivo e ajuda a otimizar a tomada de decisões. Isso vale também para outras áreas do RH, como o gerenciamento das contratações, a análise de pesquisas e a gestão de desempenho.

Se você ainda não se convenceu do que a inteligência artificial pode trazer para o processo seletivo, vamos conferir alguns de seus benefícios?

5 benefícios de utilizar a Inteligência Artificial no recrutamento e seleção

Segundo a Gupy, o uso de IA nos processos seletivos ajuda a diminuir as dores de cabeça da gestão de RH: não dá mais para ficar dias, semanas e meses analisando pilhas de currículos. Por isso, o uso da tecnologia torna o trabalho mais eficiente, entre outras coisas, como você pode ver a seguir.

1 – Automatização de tarefas administrativas

A automatização é o tipo mais comum do uso de inteligência artificial no dia a dia: ela permite que você programe alguns comandos em um sistema, que faz algo por você, sempre com base em dados fornecidos. Segundo a Forbes, 19% das empresas que adotaram a IA na gestão de tarefas administrativas são mais eficazes, uma vez que ela simplifica tarefas humanas que levam muito tempo.

2 – Redução de custos e turnover

Com o uso da inteligência artificial, há uma diminuição dos gastos no processo seletivo, já que a máquina passa a executar atividades que custam tempo e recursos. Além disso, com a análise mais assertiva da IA, o índice de desistência do candidato diminui, pois ele tem o perfil mais alinhado com o esperado.

3 – Recrutamentos mais objetivos e eficientes

Um dos maiores benefícios da inteligência artificial é sua objetividade de análises, sem vieses inconscientes e sem preconceitos. Isso ajuda a otimizar o recrutamento e seleção, tornando o processo mais assertivo e baseado apenas nas habilidades que façam sentido para a vaga.

4 – Melhor experiência para os candidatos

Diversos sistemas de gestão de RH já oferecem recursos para melhorar a experiência dos candidatos ao longo do processo seletivo. Eles são integrados a IA’s que automatizam algumas etapas, como o envio de mensagens de status ou a análise de pesquisas. Com isso, o recrutador tem mais recursos à sua disposição para facilitar o trabalho, e o candidato tem acesso ao progresso de sua candidatura, o que evita frustrações e ajuda no engajamento.

5 – Atuação mais estratégica na gestão de RH

Como já dissemos, ao usar a inteligência artificial nas atividades operacionais e manuais, o RH tem a possibilidade de atuar de forma estratégica. Isso quer dizer que o profissional tem mais tempo para analisar resultados, entregar melhor suas tarefas e conhecer mais sobre a empresa.

O desafio de manter o processo humanizado utilizando IA

Você já percebeu como a inteligência artificial pode ajudar no dia a dia dos recrutadores, certo? É importante ressaltar que a IA é uma aliada do recrutamento e seleção, mas não substitui os seres humanos. Muito pelo contrário: com boas ferramentas, a atuação do profissional de RH se torna mais aprofundada, já que ele poderá se dedicar a tarefas que o robô não é capaz de fazer.

Além disso, uma boa inteligência artificial é aprimorada pelos dados que o ser humano a fornece. De nada adianta ter a melhor tecnologia, sem o olhar das pessoas que estão no dia a dia e conhecem cada detalhe da cultura organizacional, sobre a qual falamos neste post. O bom candidato passa pelo processo não apenas pelas suas habilidades, mas também pelo alinhamento cultural.

Com isso, deu para perceber como a inteligência artificial pode ser mais um membro do time e da gestão de RH. Fique de olho nessa e em outras tendências de mercado e analise como isso se encaixa na sua realidade. Clique aqui para conferir as previsões para o RH em 2024.

Últimos conteúdos

Veja também

Picture of VALERIA CARDOSO
VALERIA CARDOSO
14 de junho de 2024