terceirizacao-da-gestao-de-beneficios

Terceirização da gestão de benefícios: vantagens e desvantagens

Para gerar resultados positivos à empresa, a gestão de benefícios requer atenção e compromisso dos profissionais envolvidos, tendo em vista que exige análises bem definidas e, quando não gerida adequadamente, pode acarretar em erros e problemas que afetam a cultura organizacional da empresa.

A terceirização desse serviço é uma ótima opção, uma vez que esse tipo de gestão consiste no gerenciamento dos diversos programas de benefícios concedidos aos funcionários da companhia, como plano de saúde, vale alimentação, vale combustível, entre outros, o que pode ser um trabalho pesado para o RH.

Neste artigo, explicamos como funciona a terceirização da gestão de benefícios em uma empresa e quais são as vantagens e as desvantagens de recorrer a ela. Confira!

Como funciona a terceirização de serviços?

A terceirização de serviços nas empresas funciona como forma de reduzir custos com a contratação de profissionais específicos para a função e não sobrecarregar os funcionários contratados e que já possuem uma carga de trabalho alta. 

Assim, a organização consegue economizar com os processos de contratação, que geram gastos, e focar nas suas atividades principais, que exigem mais tempo e maior atenção. As pessoas terceirizadas não possuem vínculo com a organização contratante, mas com a empresa contratada.

Esse processo precisa ser realizado através de um contrato de prestação de serviços e seguir a PL 4.330, lei que rege como a terceirização deve ser praticada pela empresa. Dentre os vários pontos de atenção da legislação, listamos alguns como:

  • Qualquer atividade pode ser terceirizada (seja do setor público ou privado);
  • Funcionários terceirizados têm os mesmos direitos que os contratados da empresa;
  • Os trabalhadores terceirizados não podem executar tarefas não previstas em contrato;
  • A empresa contratante precisa fiscalizar o cumprimento das leis trabalhistas pela contratada.

Por que considerar a terceirização da gestão de benefícios?

Uma pesquisa de gestão de pessoas, conduzida pela Fundação Instituto de Administração (FIA), mostrou que 94% das empresas, no período de pandemia, aumentaram o número de contratações por terceirização

Além desse crescimento na terceirização, algumas organizações começaram a observar que o aumento salarial de seus colaboradores não era o único motivo para a retenção ou a contratação de talentos. 

O período da pandemia trouxe novas prioridades às pessoas no momento da escolha de uma vaga de trabalho, demonstrando um novo olhar para os benefícios corporativos oferecidos. Por isso, o investimento na gestão eficiente dos benefícios se tornou importante para as empresas.

Assim como qualquer decisão que envolve contratos e leis tem seus pontos positivos e negativos, com a terceirização da gestão de benefícios não seria diferente. Por isso, listamos a seguir, as principais vantagens e desvantagens de investir nessa opção.

Vantagens da terceirização de benefícios

Benefícios corporativos, assim como os salários, passaram a ser um fator importante na decisão dos profissionais ao permanecerem em uma organização. Por isso, empresas que investem na gestão de benefícios conseguem aumentar a retenção de talentos e evitar o turnover. 

A terceirização da gestão de benefícios gera outras inúmeras vantagens tanto para a organização quanto para os funcionários. A seguir, listamos as principais.

Foco nas atividades principais

Profissionais com sobrecarga de atividades apresentam menor produtividade e qualidade no trabalho. Com isso, o desempenho organizacional se compromete. Terceirizar a gestão de benefícios auxilia no core business, mantendo o foco e o cuidado com os serviços principais da empresa.

Controle de gastos

Contratar colaboradores gera despesas para a empresa e, por isso, terceirizar atividades que não são as principais da organizacional gera uma economia de gastos sem afetar o crescimento. Uma empresa de RH terceirizada, por exemplo, tem profissionais qualificados para o serviço e foca totalmente na gestão de benefícios.

Aumento da produtividade

Com a terceirização, os colaboradores focam em suas funções com mais atenção e qualidade. Consequentemente, a produtividade aumenta e a empresa passa a ter um nível melhor de desempenho. A gestão de benefícios demanda tempo da equipe de RH e a terceirização é uma opção para diminuir a carga horária desses profissionais.

Atuação estratégica interna do RH

As burocracias que envolvem a gestão de benefícios são delegadas de forma total à empresa contratada. Com isso, os profissionais do RH passam a desempenhar suas funções nas áreas estratégicas e atividades-fim do negócio, otimizando o tempo da equipe interna e sem gastar energia com demandas secundárias.

Desvantagens da terceirização de benefícios

As vantagens dos serviços organizacionais são sempre listadas e possuem o foco primordial, mas é importante ter atenção também às desvantagens de terceirizar a gestão de benefícios. Por isso, listamos a seguir quais são elas.

Menor controle do setor

Ao terceirizar o serviço, a empresa automaticamente perde a autonomia para gerir os benefícios. Todas as tarefas relacionadas a essa atividade passam a ser de responsabilidade da contratada. Por isso, ao fazer a terceirização do serviço, será necessário observar as regras estabelecidas no contrato quanto à gestão. 

Complexidade para encontrar um bom parceiro

Terceirizar um serviço é uma decisão séria, pois a empresa entrega à outra a responsabilidade de gerir uma parte organizacional. Por isso, encontrar o parceiro ideal para se contratar não é uma tarefa fácil. É fundamental conhecer os profissionais, suas qualificações, reputação da empresa, entre outros pontos.

Quando os processos são geridos internamente, o problema pode ser resolvido com a própria equipe. A terceirização, no entanto, cria mais uma etapa no fluxo desse processo, além de exigir a observação aos prazos pré-estabelecidos no atendimento da demanda.

Dependência dos serviços

Ter um planejamento bem estruturado e detalhado é importante para que a empresa não se torne dependente dos serviços da organização contratada. Quando não existe esse planejamento, essa dependência aumenta cada vez mais e os gestores podem perder o controle. 

Por isso, é necessário manter uma comunicação alinhada com a contratada, colocando a terceirização como um complemento e não um serviço à parte.

Como a ValeCard pode ajudar? 

A ValeCard é uma empresa de gestão de benefícios que possui tradição na área de recursos humanos. Ao contratar a empresa, é possível ampliar os benefícios dos colaboradores e trazer vantagens para a sua organização. 

Com as alternativas oferecidas pela ValeCard, os colaboradores têm: melhora na qualidade de vida, flexibilidade no uso dos benefícios, facilidade no acesso à cultura, a cursos, a planos de saúde odontológicos e muito mais. 

Já a empresa contratante tem maior controle de seus gastos, como os benefícios estão sendo utilizados, redução da burocracia e facilidade na gestão de benefícios.

Portanto, a terceirização da gestão de benefícios, embora possa apresentar algumas desvantagens, se bem aplicada, traz otimização para o setor de RH e o aumento de engajamento e motivação da equipe.

Para conhecer mais os serviços disponíveis na ValeCard, entre em contato com um de nossos especialistas.

Compartilhar esta publicação