Novembro azul: 6 passos para conscientizar seus colaboradores

Você piscou e nós já estamos em novembro. Sabe o que isso significa? Neste mês começam as campanhas de conscientização e prevenção ao câncer de próstata. E por que essas campanhas são importantes?

Se considerarmos que passamos, em média, um terço do nosso dia trabalhando e que, segundo pesquisa de 2023 da FGV, 72,1% dos homens participam hoje do mercado de trabalho, o estímulo à ações que incentivam bons hábitos de cuidado com a saúde masculina é fundamental.

Pensando nisso, elaboramos o texto desta semana para trazer algumas dicas para você, gestor ou membro do RH, sobre como desenvolver a temática da prevenção entre os colaboradores da sua empresa e garantir o seu bem-estar. Fique conosco e aproveite a leitura!

Por que desenvolver o novembro azul nas empresas?

Não é segredo para ninguém que o acesso a informações tem se tornado cada vez mais fácil na atualidade. Se pensarmos que trabalhadores passam cerca de 8 horas por dia exercendo suas funções diárias, como os RH’s podem contribuir para a difusão de um conhecimento mais prático, acessível e efetivo para a rotina de colaboradores?

Através de eventos e atividades temáticas! É preciso estimular a criatividade e fazer com que as informações possam estar ao alcance do público a quem se destinam. Além disso, é importante ter ciência de que os colaboradores devem se sentir parte das ações.

Existem inúmeros contextos particulares em que o ambiente de trabalho representa uma das únicas formas de acesso a orientações mais detalhadas sobre prevenção a doenças ou outras instruções que podem ser úteis para a saúde dos homens.

Nesses casos, é importante considerar o papel e a responsabilidade social que as empresas e, especialmente, os RH’s possuem, na promoção do cuidado à saúde e bem-estar de colaboradores. É uma contribuição que impacta diretamente no estabelecimento de uma cultura organizacional mais saudável e inclusiva.

>> Ações de Natal motivam ou não os colaboradores? Entenda como utilizar boas estratégias para retenção de talentos.

Prevenção é a palavra de ordem

Falar sobre a saúde do homem não é algo tão simples. O objetivo do Novembro Azul é difundir a importância dos cuidados de prevenção e, apesar de a campanha trabalhar desde 2011 no Brasil com projetos voltados à conscientização, ainda há espaço para evolução.

A falta de diálogo sobre a saúde do homem é rotina e, em grande parte dos casos, falar sobre esse assunto é um tabu. De acordo com o Centro de Referência em Saúde do Homem, de São Paulo, 70% das pessoas do sexo masculino vão atrás de atendimento a partir de conversas com amigos e familiares.

Os números ficam ainda mais alarmantes quando nos deparamos com uma pesquisa de 2018, do mesmo órgão, indicando que mais de 50% dos homens só recorrem ao tratamento com algum estágio avançado da doença.

Algo que ilustra a relevância de trabalhar o assunto dentro dos ambientes corporativos e tornar o acesso à informação qualificada mais rotineiro, especialmente durante o mês em que se estende a campanha. Prevenção é e sempre vai ser a palavra de ordem.

Como abordar a campanha Novembro Azul na sua empresa?

Anteriormente, citamos que uma das formas de compartilhar informações confiáveis para colaboradores é através de eventos e atividades temáticas. Essas duas ações, de fato, configuram estratégias eficientes de conscientização.

Para complementá-las e apresentar outras formas de capacitar os RH’s a abordarem o novembro azul nas empresas, montamos uma listinha com algumas outras que podem ser implementadas. Você pode conferi-las agora!

  • Organize palestras explicando o Novembro Azul:

Dados embasam uma boa argumentação para conscientizar sobre o combate ao câncer de próstata. Invista na elaboração de um conteúdo sério, prático e bem direcionado sobre a doença. Utilize gráficos, indicadores e pesquisas que mostrem a importância da prevenção precoce e o impacto dela na longevidade dos homens.

  • Mobilize profissionais da saúde para um bate-papo:

Organize conversas com profissionais da saúde que possam abordar questões como cuidados para prevenção, diagnóstico, sintomas e alimentação indicada para o benefício do corpo. Relatos de especialistas ganham a atenção e conferem autoridade nas argumentações de prevenção a doenças.

  • Atuação com clínicas e consultórios médicos:

Empresas que tiverem condições podem propor parcerias com clínicas e consultórios médicos para a realização de exames e consultas dos homens das empresas. Para as companhias que já possuem adesão a convênios médicos e oferecem planos de saúde como benefício, essa é uma boa iniciativa!

  • Faça um evento:

O 17 de novembro é o “Dia D” de combate ao câncer de próstata. Nesta data, organize um evento especial com camisas azuis, balões, palestras e rodas de conversa sobre o assunto. Monte um painel com fotos e incentive seus colaboradores a postarem stories marcando a empresa com a hashtag do evento.

  • Reúna fotos e depoimentos:

Relatos conquistam a atenção das pessoas pelo poder de mobilização que tem. Faça um convite para que homens falem a respeito de suas experiências de cuidado com a saúde e como podem tornar o hábito do autocuidado mais presente. A ocasião serve para abrir um espaço seguro de troca de experiências que mostrem o lado positivo de conversar e quebrar o tabu presente no assunto.

  • Divulgue seu evento:

Faça com que as pessoas vejam o resultado da sua mobilização. Compartilhe fotos nas redes sociais, divulgue o sucesso da ação interna e externamente e celebre a participação dos seus colaboradores na conscientização. Um evento de sucesso tem como termômetro a adesão das pessoas.

Com essas dicas, o RH da sua empresa conseguirá desenvolver de forma sólida a prevenção ao câncer de próstata e fará da campanha Novembro Azul uma data memorável entre a sua equipe.

>> Falar sobre cultura empresarial hoje é fundamental e tem grande relevância para o sucesso de corporações e o bem-estar dos colaboradores. Entenda como desenvolvê-la na sua empresa!

Últimos conteúdos

Veja também

Picture of VALERIA CARDOSO
VALERIA CARDOSO
14 de junho de 2024