Employee Experience: o que é e como implementar em sua empresa

employee experience

A Experiência do Colaborador, ou Employee Experience (EX) é um assunto em alta nos RH’s e ambientes corporativos nos últimos anos. O motivo é simples: a gestão de pessoas, sobretudo considerando o clima organizacional da empresa, tem sido cada vez mais valorizada para nutrir ambientes de trabalho positivos, que impulsionam crescimento de desempenho e bons resultados.

Saber como implementar e desenvolver uma boa experiência para colaboradores é um dos primeiros passos para “mudar a chavinha” em organizações que desejam evoluir e utilizar modelos de gestão mais modernos e adequados a boas práticas utilizadas em grandes players do mercado.

No blog de hoje, vamos nos aprofundar um pouco mais sobre o conceito de Employee Experience e explorar algumas metodologias de aplicação à rotinas administrativas para melhoria de processos. Fique conosco e aproveite a leitura!

O que é Employee Experience?

O conceito de Employee Experience coloca o colaborador no centro das ações de gestão de pessoas e visa proporcionar uma experiência positiva e enriquecedora no ambiente de trabalho.

A prática tem crescido como um elemento fundamental na gestão de RH, conforme destacado no relatório “Global Talent Trends 2020”, do LinkedIn. Profissionais estão buscando organizações que ofereçam oportunidades de crescimento e estejam alinhadas aos seus propósitos pessoais.

Os RH’s têm entendido que o foco na experiência do colaborador é uma ferramenta estratégica para a captura de talentos e retenção das “pratas da casa”. A metodologia, inclusive, reflete um alinhamento dos objetivos de empresas de crescimento a longo prazo.

A execução leva em consideração toda a jornada do colaborador na empresa, suas relações com as pessoas e equipes e a satisfação com o trabalho. Ou seja, vai muito além de salários, benefícios e um escritório atrativo, e passa por fatores como segurança psicológica, cultura organizacional e oportunidades para aprender.

Promover boa experiência do colaborador naturalmente se torna um sinônimo de funcionários mais satisfeitos e produtivos, o que impacta positivamente na reputação da empresa e nos resultados de negócio. Afinal, as pessoas são o centro das decisões e entregas, e quando elas se sentem parte importante do todo, engajam de forma natural e agem como promotores da marca.

Além dessa tendência, conheça algumas outras que podem ajudar a sua organização a se modernizar e crescer em mercados cada vez mais competitivos.

Por que investir em Employee Experience?

Qual empresa não quer ser conhecida por ser um excelente lugar para trabalhar, com colaboradores satisfeitos e bons resultados? Implementar uma estratégia de Employee Experience pode ajudar a alcançar esse caminho.

Entre os benefícios de sua aplicação estão:

  • Engajamento e produtividade: ao se sentir valorizado, o colaborador trabalha de forma mais dedicada e se sente estimulado a participar das ações da empresa. Por isso, é importante alinhar papéis, responsabilidades e reconhecer o esforço dedicado pelo crescimento da organização.

  • Promoção da marca empregadora: se você ainda não conhece o conceito de employer branding, ele caminha junto com as estratégias de promover melhores experiências para o colaborador. Desde ações na atração e seleção, até programas de incentivo e reconhecimento, a marca empregadora olha para as formas de tornar a empresa um lugar de referência para se trabalhar no mercado. E, para isso, conta com a experiência de quem já é funcionário.

  • Melhor qualidade de vida e relacionamentos entre os colaboradores: a boa experiência no ambiente de trabalho passa pelo respeito ao equilíbrio com a vida pessoal e segurança psicológica. Promover um ambiente com autonomia, responsabilidade, distribuição de trabalho justa e que priorize a saúde, mental e física, faz toda a diferença. Amplia a sensação de bem-estar e pertencimento do colaborador, e fortalece as relações dele com a empresa e com seus pares.

  • Maior satisfação do cliente: profissionais engajados e felizes com o que fazem atendem bem seus clientes e transmitem a confiabilidade da empresa. Ou seja, uma boa experiência no trabalho é refletida na qualidade do atendimento, das entregas e dos resultados.

  • Ambiente organizacional acolhedor e estimulante: somando a qualidade de vida, o engajamento com as ações da empresa e as boas relações, o clima da empresa só tem a ganhar. Empresas que pensam e oferecem uma experiência positiva para os funcionários, exercitam a cultura de feedback e adesão a práticas e eventos corporativos, tem mais chances de ter sucesso e longevidade no mercado.

Como implementar o Employee Experience na sua empresa?

Até aqui foi possível entender que uma estratégia de employee experience pode ser muito vantajosa para o contexto empresarial, certo? Então é hora de planejar a sua forma de execução e implementação. Para isso, vale considerar 3 aspectos importantes:

  1. Medir: faça coleta de dados sobre o perfil dos colaboradores, utilizando pesquisas e conversas de escuta ativa para identificar necessidades e oportunidades. Para isso, desenhe a jornada do colaborador na sua empresa e crie meios de medição em todo o processo, desde o onboarding.

  2. Entender: a partir dos dados coletados e trabalhados, busque compreender os diferentes perfis e necessidades dos colaboradores em suas respectivas jornadas dentro da empresa. Avalie os pontos fortes e de melhoria das pesquisas para estruturar um plano de ação que invista em aspectos físicos, como ferramentas e prédio, até aspectos emocionais.

  3.  Agir: depois de medir e entender, desenvolva ações com base no feedback dos colaboradores, utilizando ferramentas como People Analytics e eNPS para monitorar satisfação e engajamento. Entre essas ações, coloque planos de desenvolvimento, estruturação de benefícios e promova a comunicação transparente, com momentos de feedback constantes e acompanhamento de performance.

Investir na experiência das pessoas, é o mesmo que investir em um ambiente no qual todos queiram trabalhar. Isso ajuda a fortalecer a cultura organizacional e ter clareza da importância de todos para os resultados: conheça mais ações que podem ajudar na retenção e sucesso.

Últimos conteúdos

Veja também